domingo, 9 de maio de 2010

REGINA DUARTE ESTRÉIA COM ANDRÉA

Andréa impecável por sua beleza. É uma menina humilde, balconista de uma loja em Botafogo e sem recursos materiais. Mais uma  linda noiva apaixonada, que no dia do seu casamento  descobre que o seu noivo Luciano tem um romance secreto por sua irmã Flor, e que a mesma esta grávida. Ela desiste do casamento e Luciano acaba provocando  um grave acidente de carro. No desespero Andréa é atropelada por Marcelo e  tem o rosto desfigurado, e do acidente fica-lhe uma  cicatriz que deforma o seu lindo rosto. A partir daí, Andréa é tomada por um complexo de inferioridade causando nela uma repugnância contra si mesma. A cicatriz no rosto de Andréa é coberta com os próprios cabelos longos. Marcelo é perseguido por um sentimento de culpa por atropelar Andréa. E numa corrida para o amor a jovem Andréa encontra em Marcelo Montserrat o amor perdido. Ele é um corredor de formula 1,  grande ás do volante um automobilista internacional. Eles se casam, no auge da felicidade de Andréa; Luciano descobre a sua paixão pela a ex-noiva, mas Andréa não o quer de volta.  Andréa faz plástica e recupera a sua beleza.

Outro detalhe da primeira personagem da Regina Duarte na Rede Globo, foi a semelhança com a sua tia assassinada, Roberta que era loira e Andréa morena. Helena dificulta o romance de Marcelo e Andréa, pois sabe que ela é sobrinha da mulher que matou, e Andréa passa a usar a semelhança com Roberta a seu favor. Emprega-se na casa dos Monserrat como enfermeira de Tia Cora, e, usando uma peruca loura, provoca o caos na vida de Helena, chegando a deixá-la louca, pois Helena passa a acreditar que Roberta voltou para assombrá-la.
Véu de Noiva (1969/70)








Um comentário:

Monique Andrade disse...

Muito boa a matéria sobre "Véu de Noiva"! Maravilhosa a Regina nestas fotos!